quinta-feira, 15 de maio de 2014

Não Pare na Pista



Não Pare na Pista
Brasil/Espanha, 2014
Sony - Gênero: drama

Direção: Daniel Augusto  

Elenco
Júlio Andrade ... Paulo Coelho
Ravel Andrade ... Paulo Coelho Jovem
Fabiana Gugli ... Christina Oiticicca (as Fabiana Guglielmetti)
Fabiula Nascimento ... Lygia
Enrique Diaz ... Pedro (as Enrique Díaz)
Lucci Ferreira ... Raul Seixas
Nancho Novo ... Jay
Paz Vega
Murilo Elbas ... Delegado DOI-CODI
Letícia Colin ... Ana
Luís Carlos Miele ... Mestre Tuca
Roberto Frota ... Chefe da redação
Zéu Britto ... Representante Crowley
Júlio Machado ... Hippie praia 1
Marcio Vito ... Ator peça O inventor
Theresa Amayo ... Dona Lilisa
Lucas Salles ... Alfredo primo Paulo
Luca Pougy ... Garoto de programa
Cassiano Carneiro ... Agente de Cantor
Gláucio Gomes ... Delegado
Clara Schmitt ... Paula TACO
Vitor Thiré ... Albano
Tião Ribas D'Avila ... Alceu Nogueira
Francisco Phiton ... Joselino locutor rádio
Rodolfo Abritta ... Cabeção - Araruama
Gillray Coutinho ... Editor
Guti Fraga ... Dr. Edgar Mutarelli
Miguel Nader ... PM a paisana
Pilar Pereira ... Dona Lourdes
Vítor Novello ... Fred - Araruama
Arthur Lopes ... Jorge
Larissa Biondo ... Marina - Araruama

Sinopse
Uma tentativa de suicídio, três internações numa clínica psiquiátrica e todos os conflitos de um jovem dos anos 70 dividido entre Deus e o Diabo. Um menino incompreendido, um jovem rebelde, um homem que não desiste de seu sonho. Uma história inverossímil, se não fosse real, a vida do escritor Paulo Coelho é melhor que a ficção.

Duração: a definir.
Estreia: 14 de agosto de 2014 







Facebook oficial: https://www.facebook.com/pages/Dama-Filmes-N%C3%A3o-Pare-Na-Pista/159023934258559


Site oficial: http://www.naoparenapistaofilme.com.br/~


Comentário do editor:
««
Faltou roteiro. Falta linearidade, coesão, mas mais que isso, o filme não tem uma história interessante a ser seguida, o que é um pecado quando o biografado é tão interessante. A direção não consegue dar um pingo de emoção às cenas. Os atores estão bem, mas não salvam o fiasco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário