quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Lançamentos Nacionais - Março/2013


Colegas
Direção: Marcelo Galvão 
(Europa Filmes). Gênero: aventura. 
Elenco: Lima Duarte, Leonardo Miggiorin, Juliana Didone, Ariel Goldenberg, Rita Pokk, Breno Viola. 
Sinopse: Três jovens com síndrome de down, inspirados no filme Thelma & Louise, resolvem fugir com o carro de um velho jardineiro em busca de seus sonhos. Mas acabam se envolvendo em muitas aventuras e confusões. 
Duração: 103 min. Classificação: 10 anos.
Estreia: 1º de março


A Busca
Direção: Luciano Moura 
(Downtown/Paris/RioFilme). Gênero: drama. 
Elenco: Wagner Moura, Lima Duarte, Mariana Lima, Brás Antunes. 
Sinopse: Médico, filho de um pai ausente, pega a estrada para procurar o filho que desapareceu. 
Duração: a definir. Classificação: a definir.
Estreia: 15 de março


Francisco Brennand
Direção: Mariana Fortes 
(Video Filmes/Espaço Filmes). Gênero: documentário. 
Sinopse: O filme mostra o universo particular do pintor, escultor e ceramista pernambucano Francisco Brennand, que aos 80 anos decidiu romper o silêncio para revelar os segredos de sua arte e sua vida dentro da Oficina Cerâmica. 
Duração: 75 min. Classificação: a definir.
Estreia: 15 de março


Super Nada 
Direção: Rubens Rewald e Rossana Foglia 
(Lume) Gênero: comédia. [Brasil/México, 2012], 
Elenco: Marat Descartes, Jair Rodrigues, Clarissa Kiste, Denise Weinberg. 
Sinopse: Guto é um ator que sonha em ficar famoso, enquanto participa de testes espera sua grande chance. Quando seu caminho se cruza com seu grande ídolo, o comediante decadente Zeca, parece que a sorte de Guto irá mudar. 
Duração: 94 min. Classificação: a definir.
Estreia: 15 de março


Fora do Figurino – As Medidas do Jeitinho Brasileiro
Direção: Paulo Pélico 
(Raiz Filmes). Gênero: documentário. 
Sinopse: A população brasileira não sabe as medidas do seu corpo. Em países desenvolvidos existem levantamentos sobre o assunto, o que não ocorre no Brasil. Com isso a industria brasileira de roupa não produz produtos adequados ao padrão da população, pois utiliza medidas internacionais. O que gera um grande prejuízo econômico e de saúde pública.
Duração: 73 min. Classificação: a definir.
Estreia: 22 de março


Rânia 
Direção: Roberta Marques 
(Tucumán). Gênero: drama. 
Elenco: Graziela Felix, Mariana Lima, Kennedy Saldanha, Nataly Rocha, Paulo José. 
Sinopse: Rania, uma menina moradora de uma comunidade em Fortaleza, conhece o Sereia da Noite, reduto da boemia, aonde fica dividida entre a farra e a dança. 
Duração: a definir. Classificação: a definir.
Estreia: 22 de março


Vai que dá Certo 
Direção: Maurício Farias 
(Imagem). Gênero: comédia. 
Elenco: Lucio Mauro Filho, Danton Melo, Bruno Mazzeo, Fábio Porchat. 
Sinopse: Cinco amigos de adolescência se reencontram e percebem que não alcançaram o sucesso planejado, então decidem assaltar uma transportadora de valores. 
Duração: a definir. Classificação: a definir.
Estreia: 22 de março


A Última Estação
Direção: Marcio Cury 
(Polifilmes). Gênero: drama. 
Elenco: Mounir Maasri, Elisa Lucinda, Klarah Lobato. 
Sinopse: O adolescente libanês Tarik veio tentar a vida no Brasil. Na viagem de navio fez amizade com outros jovens árabes e sírios, mas ao chegarem ao país cada um seguiu seu caminho. Depois de 50 anos Tarik com ajuda da filha, resolve procurar os amigos que fez durante a viagem. 
Duração: 115 min. Classificação: a definir. São Paulo, Rio de Janeiro e Brasíli
Estreia: 29 de março


O Dia que Durou 21 anos 
Direção: Camilo e Flávio Tavares
(Pequi Filmes). Gênero: documentário. 
Sinopse: A participação dos Estados Unidos na preparação e execução do golpe militar de 1964, através de documentos sigilosos que ficaram secretos durante anos. 
Duração: 78 min. Classificação: nd.
Estreia: 29 de março


domingo, 24 de fevereiro de 2013

III Kino Brasil - Os Vencedores



Pelo terceiro ano, a Academia de Blogueiros Cinéfilos escolheu os melhores do cinema nacional no ano.
Desta vez foram 14 categorias e o grande vencedor foi... Confira no link abaixo!


quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

III Kino Brasil - Os Atores Coadjuvantes Indicados





MELHOR ATOR COADJUVANTE

Caco Ciocler

Disparos
Carlos Alberto Ciocler nasceu em São Paulo à 27/09/1971, numa família judia de classe média alta.
Estudou engenharia na USP, mas abandonou o curso prestes a se formar para dedicar-se aos palcos, paixão que nutria desde a infância.
Destacou-se no teatro, o que lhe valeu um convite para o papel central da primeira fase da novela "O Rei do Gado" e o prêmio da APCA de revelação masculina.
De lá para cá, foram dezenas de novelas, minissérie, séries, peças de teatros e filmes, com também dezenas de prêmios por seus diversos trabalhos, incluindo o de melhor ator coadjuvante no último festival do Rio de Janeiro, exatamente por seu papel de um sarcástico policial em "Disparos".

Principais Filmes: Caminho dos Sonhos (1999), Bicho de Sete Cabeças (2001), Minha Vida em Suas Mãos (2001), O Xangô de Baker Street (2001), 
A Paixão de Jacobina (2002), Lara (2002), Avassaladoras (2002), Desmundo (2003), Quase Dois Irmãos (2004), Olga (2004), Sexo, Amor e Traição (2004), Quanto Vale ou É por Quilo? (2005), Inesquecível (2007), Família Vende Tudo (2011), 2 Coelhos (2012), Meu Pé de Laranja Lima (2012)...


Gero Camilo

Eu Receberia as Piores Notícias dos Seus Lindos Lábios
Gero nasceu em 18/12/1970 na cidade de Fortaleza.
Na adolescência participava de comunidades eclesiais de base e pensou em ser padre, mas decidiu-se pela arte. Começou a estudar teatro aos 19 anos em sua cidade natal, para em seguida mudar-se para São Paulo, onde cursou a Escola de Arte Dramática da USP.
No teatro tem uma carreira sólida, dirigindo, interpretando e escrevendo.
Em televisão, costuma fazer séries e minisséries, tendo se destacado na recente versão de "Gabriela", no papel de miss Pirangi.
No cinema, fez cerca de 14 filmes, tendo chamado a atenção em "Bicho de Sete cabeças" e "Carandiru", o que o levou a um papel no thriller "Chamas da Vingança" de Tony Scott, estrelado por Denzel Washington.
Em "Eu Receberia as Piores Notícias" interpreta o afetado jornalista Viktor Laurence, fofoqueiro e culto. 
Principais Filmes: Cronicamente Inviável (2000), Abril Despedaçado (2001), Bicho de Sete Cabeças (2001), Domésticas (2001), Cidade de Deus (2002), Madame Satã (2002), Narradores de Javé (2003), Carandiru (2003), Man on Fire (Chamas da Vingança) (2004), Pequenas Histórias (2007), Cinco Frações de Uma Quase História (2007), Hotel Atlântico (2009), Assalto ao Banco Central (2011)...
Juliano Cazarré
A Febre do Rato
Juliano nasceu em Pelotas - RS em 24/09/1980, mas mudou-se ainda criança para Brasília.

Filho do escritor Lourenço Cazarré, formou-se em artes cênicas pela UnB, onde iniciou sua carreira teatral. 
Estreou na TV na série "Alice" da HBO, foi convidado para trabalhar em séries da Globo, para logo destacar-se como Ismael na novela "Insensato Coração" e mais ainda como Adauto de "Avenida Brasil".
No cinema tem uma carreira muito sólida em cerca de 15 filmes.
Indicado por "A Febre do Rato" interpreta um desempregado que vive num prédio abandonado com amigos.
Principais Filmes: A Concepção (2005), Meu Mundo em Perigo (2007), Tropa de Elite (2007), O Magnata (2007), Nome Próprio (2007), A Festa da Menina Morta (2008), Salve Geral (2009), Vips (2011), Bruna Surfistinha (2011), Assalto ao Banco Central (2011), 360 (2011), Augustas - O Filme (2013), Serra Pelada (2013)...


Matheus Nachtergaele
A Febre do Rato
Matheus nasceu em 03/01/1969 em São Paulo.

Começou no teatro, tendo sido muito premiado pela peça "O Livro de Jó" de 1995.
Na televisão costuma fazer séries e minisséries. Estreou em "Hilda Furacão" no personagem Cintura Fina, e em seguida interpretou João Grilo na adaptação do clássico "O Auto da Compadecida".
No cinema já trabalhou em dezenas de filmes, além de dirigir o ótimo "A Festa da Menina Morta".
Em "Febre do Rato" interpreta o coveiro, casado com um travesti e melhor amigo do poeta Zizo.

Principais Filmes: Anahy de las Misiones (1997), O Que É Isso, Companheiro? (1997), Central do Brasil (1998), O Primeiro Dia (1998), Kenoma (1998), Gêmeas  (1999), Castelo Rá-Tim-Bum, O Filme (1999),

O Auto da Compadecida (2000), Bufo & Spallanzani (2001), Cidade de Deus (2002), Eclipse (2002), Amarelo Manga (2002), Narradores de Javé (2003), Nina (2004),
Crime Delicado  (2005), Árido Movie (2005), Tapete Vermelho (2005), A Concepção (2005), Journey to the End of the Night (2006), Baixio das Bestas (2006),
Terra Vermelha (2008), La virgen negra (2008), O Bem Amado (2010), Trinta (2013), Serra Pelada (2013), Maldito (2013)...


ZéCarlos Machado

Eu Receberia as Piores Notícias dos Seus Lindos Lábios
José Carlos Machado nasceu em Alfredo Marcondes - SP em 16/04/1950.
Teve uma infância pobre no interior, até ingressar na Fundação de Artes de São Caetano, onde começou uma carreira com mais de 40 peças, diversas séries, minisséries e novelas, vindo a destacar-se atualmente na versão brasileira da série "Sessão de Terapia" do Canal GNT.
No cinema fez vários filmes, entre eles "Ação Entre Amigos" de Beto Brandt.
Em "Eu  Receberia as Piores Notícias", interpreta um pastor que resgata uma prostituta das ruas do Rio, casa-se com ela e juntos mudam-se para o interior do Pará.


Principais Filmes: A Próxima Vítima (1983), Ação Entre Amigos (1998), Olga (2004), Crime Delicado (2005), Veias e Vinhos - Uma História Brasileira (2006), A Casa de Alice (2007), Meteoro (2007), O Signo da Cidade (2007), As Melhores Coisas do Mundo (2010), Estamos juntos (2011), A Memória que me Contam (2013).









III Kino Brasil - As Atrizes Coadjuvantes Indicadas



MELHOR ATRIZ COADJUVANTE


Alessandra Negrini

2 Coelhos
Alessandra Vidal de Negreiros Negrini, nasceu em São Paulo a 27/08/1970, mas passou a infância e adolescência em Santos.
Aos 18 anos matriculou-se num curso de teatro e foi convidada para testes na Rede Globo. Mas sua primeira novela, "Olho por Olho" veio 5 anos mais tarde. Em 1995 ganhou notoriedade ao estrelar a minissérie "Engraçadinha". De lá para cá foram dezenas de novelas, séries e peças de teatro.

No cinema estreou em papel secundário no premiado "O que é isso, Companheiro?". Nos últimos anos começou a fazer filmes com mais frequência e foi premiada pelo papel título de "Cleópatra" de Júlio Bressane, pelo ainda inédito "Abismo Prateado" e também pelo policial "2 Coelhos" em que interpreta uma promotora pública, envolvida com o personagem central, que o ajuda a enfrentar os vilões.

Principais Filmes: O Que É Isso, Companheiro? (1997), Um Crime Nobre (2001), Sexo, Amor e Traição (2004), Cleópatra (2007), Os Desafinados (2008), A Erva do Rato (2008), O Abismo Prateado (2011 - inédito), O Gorila (2012 - inédito).


Alinne Moraes

Heleno
Aline Cristine Dorelli de Magalhães Moraes nasceu em Sorocaba - SP em 22/12/1982.
Começou sua carreira como modelo aos 12 anos de idade, fazendo sucesso nas principais passarelas do mundo, Paris, Milão, Tóquio e Nova York.
Aos 20 anos estreou no papel de uma adolescente grávida na novela "Coração de Estudante", para no ano seguinte ser premiada como atriz revelação por "Mulheres Apaixonadas". Daí em diante foram várias atuações destacadas em novelas e séries da Globo.
No cinema fez poucos filmes, mas em papeis de destaque. Em Heleno vive a garota de sociedade que torna-se mãe do filho do jogador.
Principais Filmes: Fica Comigo Esta Noite (2006), Os Normais 2 (2009), Flordelis - basta uma palavra para mudar (2009), O Homem do Futuro (2011)


Dira Paes

À Beira do Caminho
Ecleidira Maria Fonseca Paes nasceu em Abaetetuba - PA à 30/06/1969.
É uma das principais atrizes do cinema nacional, com dezenas de prêmios e indicações nos seus mais de 20 filmes.
Estreou aos 15 anos, como uma indiazinha no bom filme americano "A Floresta das Esmeraldas" de John Boorman.
Na televisão começou em 1990, mas virou estrela no papel de Solineuza na série "A Diarista". A partir daí seus papeis cresceram nas novelas que fez.
Em "À Beira do Caminho" interpreta Rosa, a antiga namorada do caminhoneiro, que o reconecta com o passado.

Principais Filmes: The Emerald Forest (1985), Ele, o Boto (1987), Corpo em Delito (1990), Corisco & Dadá (1996), Anahy de las Misiones (1997), Cronicamente Inviável (2000), O Casamento de Louise (2001), Amarelo Manga (2002), Noite de São João (2003), Meu Tio Matou um Cara (2004), Celeste & Estrela (2005), Incuráveis (2005), 2 Filhos de Francisco (2005), Baixio das Bestas (2006), Mulheres do Brasil (2006), Ó Paí, Ó (2007), A Grande Família - o Filme (2007), A Festa da Menina Morta (2008), Estamos Juntos (2011), Sudoeste (2012).


Kimiko Yo

Corações Sujos
Kimiko nasceu em Yokohama no Japão em 12/05/1956, filha de comerciantes, o pai taiwanês e mãe japonesa.
Começou no teatro aos 20 anos, passou pela TV e só 9 anos amis tarde fez seu primeiro filme.
Ganhou importância como atriz coadjuvante, tendo sido indicada quatro vezes ao prêmio da Academia Japonesa, ganhando em duas ocasiões, por "A Partida" e "Dear Doctor". Apesar disso, nunca teve um papel central relevante.
Foi convidada pelo diretor Vicente Amorim para 
Corações Sujos, no papel de Naomi Sasaki esposa do imigrante que se levanta contra o movimento e é punido.

Principais Filmes: Ah, Primavera (1998), Gakko III: The New Voyage (1998), O Pacto (2001), Tokyo Tower (2005), A Partida (2008), Dear Doctor (2009), Dearest (2012).


Maria Luísa Mendonça

Luz Nas Trevas, A Volta do Bandido da Luz Vermelha
Maria Luisa nasceu em 20/01/1970 no Rio de Janeiro, filha da artista plástica Lígia Mendonça.
Estudou na Casa de Artes das Laranjeiros, na escola do grupo Tablado e fez cursos de mímica em Paris.
Começou no teatro, mas ficou famosa interpretando a personagem Buba, uma hermafrodita, na novela "Renascer" da Globo.
Fez dezenas de participações em novelas, séries e minisséries na televisão.
No cinema participou de diversos filmes, sendo premiada por vários deles.
Foi indicada ao Kino Brasil no ano passado, também como melhor atriz coadjuvante, pelo filme "O Homem do Futuro".


Principais Filmes: Quem Matou Pixote? (1996), Coração iluminado (1998), As Três Marias (2002), Carandiru (2003), Jogo Subterrâneo (2005), O Magnata (2007), Querô (2007), A Mulher do meu Amigo (2008), Nossa Vida Não Cabe Num Opala (2008), Se Eu Fosse Você 2 (2009), A Mulher Invisível (2009), O Homem do Futuro (2011)



Tânia Granussi
Febre do Rato
Tânia nasceu em São Paulo em 18/02/1971.
É atriz e professora de teatro, tendo atuado em diversas peças por diferentes grupos.
No cinema estreou em "Fluidos" de 2009, um longa apresentado ao vivo nos cinemas, antes de ser convidada por Cláudio Assis para viver o personagem travesti Vanessa, casado com o coveiro Pazinho (Matheus Nachtergaele).






terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

III Kino Brasil - Os Diretores Indicados





MELHOR DIREÇÃO


Afonso Poyart
2 Coelhos
Nascido em Santos - SP, Poyart é um bem sucedido diretor de comerciais e videoclipes, sócio da produtora Black Maria de São Paulo.
Em 2005, dirigiu o curta "Eu te Darei o Céu", que foi premiado em Gramado.
Decidiu então escrever, produzir e dirigir o thriller policial "2 Coelhos", que foi um sucesso de público e crítica e deverá ganhar uma versão americana, produzida pela Sony.
Este trabalho lhe valeu o convite para dirigir "Solace" com Anthony Hopkins e provavelmente Colin Farrell, já em pré-produção.


Cao Hamburger
Xingu
Carlos Império Hamburger nasceu em São Paulo em 1962.
Dirigiu comerciais, curtas e programas de televisão, entre eles a série "Castelo Ra-tim-bum", que viria a ser tema de seu longa de estreia no cinema.
Seu filme seguinte "O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias" foi exibido em Berlin e premiado em vários festivais nacionais e internacionais.
Em "Xingu", seu projeto mais ousado, conta a história dos pioneiros desbravadores irmãos Villas-Bôas, o que consumiu meses de produção na Amazônia.

Cláudio Assis

A Febre do Rato
Cláudio nasceu em Caruaru - PE em 19/12/1959.
Polêmico e ousado, defende um cinema visceral, que tire o espectador de sua zona de conforto.
Cineclubista e ator em sua cidade natal, começou a dirigir curtas em 1987 até chegar ao seu longa de estreia, o ótimo "Amarelo Manga". Seu filme seguinte, foi o também polêmico e premiado "Baixio das Bestas".
Com "A Febre do Rato" chega a sua maturidade, uma obra visceral sobre a poesia e a necessidade de expressá-la.

José Henrique Fonseca

Heleno
É diretor de comerciais e videoclipes e foi um dos fundadores da produtora carioca Conspiração Filmes.
Filho do escritor Rubem Fonseca e marido da atriz Claudia Abreu, estreou no cinema dirigindo o segmento "Cachorro" do longa "Traição", baseado em textos de Nelson Rodrigues.
Destacou-se adaptando obras de seu pai, o longa "O Homem do Ano", e a série "Mandrake".
"Heleno", a trágica biografia do craque de futebol do Botafogo, é seu maior projeto até aqui e primeiro após sua saída da Conspiração, co-produzido e estrelado pelo ator Rodrigo Santoro.
Seu próximo projeto será a adaptação do best-seller adolescente "Uma Fada Veio Me Buscar" de Thalita Rebouças.

Júlia Murat

Histórias Que Só Existem Quando Lembradas
A carioca Júlia, nasceu em 1979, filha da também diretora Lúcia Murat.
Começou no cinema como assistente de Ruy Guerra no longa "Estorvo". Foi também editora, produtora, roteirista e dirigiu curtas e o documentário "Dia dos Pais" em 2008.
"Histórias que Só Existem Quando Lembradas" é seu primeiro longa de ficção, levou 12 anos para ser concretizado e foi exibido no festival de Veneza.
Seu próximo projeto deverá ser a versão longa de seu curta "Pendular".






sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

III Kino Brasil - Os Indicados para Melhor Ator






MELHOR ATOR

Irandhir Santos
A Febre do Rato
Irandhir Gleriston Santos Pinto nasceu em Barreiros - PE em 22/08/1978.
É graduado em Artes Cênicas pela Universidade Federal de Pernambuco.
Atuou em diversas peças de teatro e em na minissérie 'A Pedra do Reino' em 2007 na Rede Globo. Mas foi no cinema que ele encontrou seu espaço, sendo hoje um dos atores mais respeitados e premiados do cinema nacional.
Esta é sua segunda indicação ao Kino Brasil. Irandhir já venceu como Melhor Ator Coadjuvante em 2011, pelo filme 'Tropa de Elite 2'.
Em 'A Febre do Rato' interpreta o poeta anarquista, que publica e financia seu próprio tabloide e vive num ambiente livre e visceral ao lado de seus amigos.

Principais Filmes: Cinema, Aspirinas e Urubus (2005), Amigos de Risco (2007), Baixio das Bestas (2007), Besouro (2009), Olhos Azuis (2009), Viajo Porque Preciso Volto Porque Te Amo (2010), Quincas Berro D'Água (2010), O Senhor do Labirinto (2010), Tropa de Elite 2 (2010), Matraga: a hora e a vez (2011), O Som ao Redor (2012).


João Miguel
À Beira do Caminho
Xingu
João Miguel Serrano Leoneli nasceu em Salvador no dia 01/01/1970.
Filho de um produtor teatral e uma artista plástica, começou aos 9 anos, no programa infantil "Bombom Show". Aos 13 estreou no teatro e aos 17 foi para o Rio de Janeiro estudar na Casa de Artes Laranjeiras.  De volta ao Nordeste dedicou-se ao Circo, destacando-se como o palhaço Magal e em diversas peças.
Em 2005 estrelou seu primeiro filme, 'Cinema, Aspirinas e Urubus' pelo qual recebeu vários prêmios. Participou de diversas séries e minisséries na televisão, incluindo a novela 'O Cordel Encantado'.
É hoje reconhecido como um dos principais nomes do cinema brasileiro.
João Miguel conseguiu a façanha de ser indicado por dois de seus filmes este ano: 
Em 'À Beira do Caminho' interpreta um caminhoneiro que dá carona a um garoto enquanto revive suas dores do passado. 
Em 'Xingu' ele é Cláudio Villas-Bôas, o mais velho dos irmãos que lutaram para criar a reserva indígena da Amazônia.

Principais Filmes: Esses Moços (2004), Eu Me Lembro (2005), Cidade Baixa (2005), Cinema, Aspirinas e Urubus (2005), O Céu de Suely (2006), Deserto Feliz (2007), Mutum (2007), Estômago (2007), Se Nada Mais Der Certo (2009), Hotel Atlântico (2009), Bonitinha Mas Ordinária (2009), Jardim das Folhas Sagradas (2010), Era Uma Vez Eu, Verônica (2012), Gonzaga - de Pai pra Filho (2012)


Ney Matogrosso
Luz Nas Trevas, A Volta do Bandido da Luz Vermelha
Ney de Souza Pereira nasceu em Bela Vista - MS em 01/08/1941.
É um autêntico artista multimídia, um dos grandes nomes da MPB, Ney é cantor, produtor, diretor, iluminador e... ator.
Ney saiu de casa aos 17 anos para ingressar na Aeronáutica. Gostava de música e teatro, mas ainda estava sem rumo, quando foi trabalhar no laboratório do Hospital de Base de Brasília.
Convidado a participar de um festival universitário de música, mas finalmente decidiu que seria ator e mudou-se para o Rio, onde sobrevivia vendendo artesanato, levando o estilo de vida hippie.
No começo dos anos 1970, em plena ditadura militar, foi convidado a participar do ousado grupo Secos e Molhados, que foi um enorme sucesso.
Para o cinema fez alguns curtas e discretas participações em longas até ser convidado para viver o notório João Acácio Pereira da Costa, o Bandido da Luz Vermelha, que atacava as residências paulistanas nos anos 1960, e agora está maduro numa prisão, enquanto seu filho leva uma vida criminosa.

Principais Filmes: Sonho de Valsa e Diário de um Novo Mundo.


Rodrigo Santoro
Heleno
Rodrigo Junqueira dos Reis Santoro nasceu em 22/08/1975 em Petrópolis - RJ.
Filho de uma artista plástica e um engenheiro, Rodrigo cursava jornalismo na PUC do Rio, enquanto fazia a Oficina de Atores da Globo, caminho que o levou às novelas aos 21 anos de idade.
Fez alguns filmes sem expressão até ser convidado por Laís Bodansky para estrelar o ótimo 'Bicho de Sete Cabeças' em 2000, que lhe valeu prêmios e reconhecimento internacional.
Na sequência estrelou 'Abril Despedaçado', indicado ao Golden Globe e ganhou um grande papel em 'Carandiru', que concorreu no festival de Cannes. E também em Cannes foi premiado como ator revelação em 2004.
Sua beleza física e boa fluência em inglês o levaram a atuar em filmes americanos, fazendo dele o ator brasileiro mais bem sucedido fora do país.
Santoro já foi indicado antes o Kino Brasil de melhor ator em 2012 por 'Meu País'.
Nesta edição, ele está sendo indicado pela biografia do polêmico jogador do Botafogo, que fez história no futebol e terminou seus dias numa clínica psiquiátrica.

Principais Filmes: Depois do Escuro (1996), Como Ser Solteiro (1998), O Trapalhão e a Luz Azul (1999), Bicho de Sete Cabeças (2001), Abril Despedaçado (2001), Carandiru (2003), The Roman Spring of Mrs. Stone / Em Roma na Primavera (2003), Charlie's Angels: Full Throttle / As Panteras Detonando (2003), Love Actually / Simplesmente Amor (2003), A Dona da História (2004), 300 (2006), Não por Acaso ((2007), Os Desafinados (2008), Redbelt / Cinturão Vermelho (2008), Leonera (2008), Che (2008), I Love You Phillip Morris / O Golpista do Ano (2009), Post Grad / Recém Formada (2009), Talking with Dog (2010), There Be Dragons (2011), Meu País (2011), Rio (voz) (2011), Homens de Bem (2011), Hemingway & Gellhorn (2012), What To Expect When You’re Expecting / O que Esperar Quando Você Está Esperando (2012), Reis e Ratos (2012), The Last Stand (2013), 300: Rise of an Empire (2013)