terça-feira, 13 de junho de 2017

Mulher do Pai


Estreia: 22 de junho de 2017
Brasil / Uruguai 2017 
Drama 94'
Direção e Roteiro: Cristiane Oliveira
Elenco: Maria Galant, Marat Descartes, Veronica Perrotta, Amélia Bittencourt, Aurea Baptista, Jorge Esmoris.


Sinopse: 
A adolescente Nalu (Maria Galant) precisa cuidar do pai cego, após a morte da avó que os criou como irmãos. Quando Ruben (Marat Descartes) percebe o amadurecimento da filha, surge uma desconcertante intimidade entre eles. Mas, com a chegada de Rosário, o ciúme ganhará espaço na vida de ambos. 


Minha Opinião:
O novo cinema brasileiro passa necessariamente pelo olhar feminino. A cineasta Cristiane Oliveira estreia na direção de longas com um trabalho minucioso sobre um roteiro recheado de nuances e significados que vão além da superfície.
Cristiane quase sempre sabe controlar bem o tempo das cenas, pacientemente construídas para expor algo a mais.
A primeira cena já traz uma figura simbólica clássica, o trabalho no tear que revela a ligação umbilical entre os personagens da mãe com o filho e a neta, que já não se conforma em ficar presa àquela realidade.
Com a morte da matriarca, logo no início do filme, os horizontes do pai cego parecem se fechar totalmente, o que torna ainda mais urgente a necessidade da menina em transpor as fronteiras da pequena vila onde nasceu.
Ao mesmo tempo em que ela explora as influências externas, o pai se readapta a nova vida e reforça suas raízes. Mas é no momento em que a menina perde o posto de "mulher da casa", que o elo se quebra e ela finalmente ganha sua liberdade.
O filme é recheado de simbolismos fortes, às vezes óbvios, mas nunca banais. O prazer em compreender o tecido que a diretora constrói, elevam a sensação de empatia com as personagens e o resultado final é brilhante.
Uma obra madura, que merece ser vista nos cinemas. 


Cotação:









sábado, 25 de fevereiro de 2017

Os Vencedores do VII Prêmio Kino Brasil - 2017

O  VII Prêmio Kino Brasil, anunciado em 2017, se refere aos filmes nacionais lançados nos cinemas brasileiros ao longo do ano de 2016
.

MELHOR FILME: Aquarius
Outros indicados: 
- Boi Neon
- Mãe Só Há Uma
- Mate-me Por Favor
- Nise - O Coração da Loucura


MELHOR DOCUMENTÁRIO: Cinema Novo
Outros indicados: 
- Espaço Além - Marina Abramovic e o Brasil
- Eu Sou Carlos Imperial
- O Futebol
- Menino 23


MELHOR DIRETOR: Kleber Mendonça Filho - Aquarius
Outros indicados: 
- Cláudio Assis - Big Jato
- Gabriel Mascaro - Boi Neon
- Anna Muylaert - Mãe Só Há Uma
- Anita Rocha da Silveira - Mate-me por Favor


MELHOR ROTEIRO: Gabriel Mascaro - Boi Neon
Outros indicados: 
- Kleber Mendonça Filho - Aquarius
- Hilton Lacerda - Big Jato
- Anna Muylaert - Mãe Só Há Uma
- Anita Rocha da Silveira - Mate-me por Favor


MELHOR ATOR: Juliano Cazarré - Boi Neon
Outros indicados: 
- Matheus Nachtergaele - Big Jato
- Nelson Xavier - A Despedida
- Irandhir Santos - A Luneta do Tempo
- Fernando Alves Pinto - Para Minha Amada Morta


MELHOR ATRIZ: Sônia Braga - Aquarius
Outras indicadas: 
- Juliana Paes - A Despedida
- Bruna Linzmeyer - A Frente Fria que a Chuva Traz
- Daniela Nefussi - Mãe Só Há Uma
- Glória Pires - Nise - O Coração da Loucura


MELHOR ATOR COADJUVANTE: Lourinelson Vladmir - Para Minha Amada Morta
Outros indicados: 
- Humberto Carrão - Aquarius
- Vinícius Oliveira - Boi Neon 
- Júlio Andrade - Elis
- Matheus Nachtergaele - Mãe só há Uma


MELHOR ATRIZ COADJUVANTE: Maeve Jinkings - Boi Neon
Outras indicadas: 
- Maeve Jinkings - Aquarius
- Alice Braga - Entre Idas e Vindas
- Adriana Esteves - Mundo Cão
- Mayana Neiva - Para Minha Amada Morta


MELHOR FILME LATINO-AMERICANO: O Abraço da Serpente 
(Colômbia, Venezuela, Argentina)
Outros indicados: 
- O Botão de Pérola (Chile, França, Espanha, Suíça)
- De Longe Te Observo (Venezuela, México)
- Neruda (Chile, Argentina, França, Espanha, EUA)
- Truman (Argentina, Espanha)


MELHOR FOTOGRAFIA: Diego Garcia - Boi Neon
Outros indicados: 
- Pedro Sotero e Fabricio Tadeu - Aquarius
- Marcelo Durst - Big Jato
- João Atala - Mate-me por Favor
- Marcelo Corpanni - Reza a Lenda


MELHOR EDIÇÃO: Lucas Gonzaga - Mais Forte que o Mundo
Outros indicados: 
- Eduardo Serrano - Aquarius
- Fernando Epstein e Eduardo Serrano  - Boi Neon
- Helio Vilela - Mãe Só Há Uma
- Manga Campion e Marcio Canella - Reza a Lenda


MELHOR DIREÇÃO DE ARTE: Moacyr Gramacho  - A Luneta do Tempo
Outros indicados: 
- Juliano Dornelles e Thales Junqueira - Aquarius
- Maira Mesquita    - Boi Neon
- Dina Salem Levy - Mate-me por Favor
- Daniel Flaksman - Nise - O Coração da Loucura


MELHOR FIGURINO: Cristina Camargo - Elis
Outros indicados: 

Flora Rebollo - Boi Neon
- Diana Moreira - A Luneta do Tempo
- Cristina Kangussu - Nise - O Coração da Loucura
- Cássio Brasil - Reza a Lenda


MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL: Marco Dutra - Sinfonia da Necrópole
Outros indicados: 
- Thiago Pethit - Amores Urbanos
- Alceu Valença - A Luneta do Tempo
- Bernardo Uzeda  - Mate-me por Favor
- Rica Amabis e Tejo Damasceno - Reza a Lenda


PRÊMIO ESPECIAL - MELHOR TRILHA SONORA ADAPTADA - Aquarius


MELHOR SOM: Jorge Rezende, Dennys Rocha, Raiza Rodrigues - Elis
Outros indicados: 
- Ricardo Cutz e Nicolas Hallet - Aquarius
- Tide Borges, Rodrigo Ferrante, Remi Stengel, Alan Zilli - Mais Forte que o Mundo
- Miriam Biderman - Reza a Lenda
- Daniel Turin, Paulo Gama, Fernando Henna - Sinfonia da Necrópole


MELHORES EFEITOS VISUAIS: Marcelo Souza - Zoom
Outros indicados: 
- Marcelo Borin - O Diabo Mora Aqui
- Sergio Farjalla Jr.  - Mais Forte que o Mundo
- Sergio Farjalla Jr.  - Reza a Lenda
- Eduardo Amodio - Sinfonia da Necrópole





Os Vencedores do VII Kino Brasil: Melhor Filme

Vencedor: Aquarius



Outros indicados: 
- Boi Neon
- Mãe Só Há Uma
- Mate-me Por Favor
- Nise - O Coração da Loucura



Edições anteriores:

VI KINO BRASIL
Vencedor: Que Horas Ela Volta?
Outros indicados: 
- Casa Grande
- Entre Abelhas
- Depois da Chuva
- A História da Eternidade

V KINO BRASIL
Vencedor: O Lobo Atrás da Porta 
Outros indicados: 
- Quando eu Era Vivo 
- Praia do Futuro 
- Ventos de Agosto 
- Hoje Eu Quero Voltar Sozinho

IV KINO BRASIL
Vencedor: O Som ao Redor
Outros indicados:
- Uma História de Amor e Fúria
- Tatuagem
- O Que Se Move
- Faroeste Caboclo

III KINO BRASIL
Vencedor: A Febre do Rato
Outros indicados:
- Eu Receberia as Piores Notícias dos Seus Lindos Lábios
- Heleno
- Histórias Que Só Existem Quando Lembradas
- Xingu

II KINO BRASIL
Vencedor: O Palhaço
Outros indicados:
- A Falta que nos Move
- O Homem do Futuro
- Riscado
- Trabalhar Cansa
- VIPs

I KINO BRASIL
Vencedor: Tropa de Elite 2 
Outros indicados:
- Os Famosos e os Duendes da Morte 
- Os Inquilinos  
- As Melhores Coisas do Mundo
- Viajo Porque Preciso, Volto porque Te Amo     

Os Vencedores do VII Kino Brasil: Melhor Documentário

Vencedor: Cinema Novo



Outros indicados: 
- Espaço Além - Marina Abramovic e o Brasil
- Eu Sou Carlos Imperial
- O Futebol
- Menino 23



Edições anteriores:

VI KINO BRASIL
Vencedor: Sal da Terra
Outros indicados: 
- Cássia Eller
- Chico - Artista Brasileiro
- Jia Zhang-ke, um homem de Fenyang
- Últimas Conversas

V KINO BRASIL
Vencedor: O Mercado de Notícias
Outros indicados: 
- Tim Lopes: Histórias de Arcanjo 
- Junho 
- Olho Nú 
- Brincante  


IV KINO BRASIL
Vencedor: Elena
Outros indicados:
- Doméstica
- O Dia Que Durou 21 Anos
- Serra Pelada - A lenda da montanha de ouro
- Jorge Mautner - O Filho do Holocausto
- Dossiê Jango

III KINO BRASIL
Vencedor: Raul, o Início, o Fim e o Meio
Outros indicados:
- Uma Longa Viagem
- A Música Segundo Tom Jobim
- Tropicália
- Vou Rifar Meu Coração

II KINO BRASIL
Vencedor: Lixo Extraordinário
Outros indicados
- Amor?
- As Canções
- Quebrando o Tabu
- Rock Brasília


I KINO BRASIL
Vencedores: Dzi Croquettes 
empatado com Uma Noite em 67 
outros indicados:
- O Homem que Engarrafava Nuvens  
- José e Pilar 
- Utopia e Barbárie   

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Os Vencedores do VII Kino Brasil: Melhor Diretor

Vencedor: Kleber Mendonça Filho - Aquarius



Outros indicados: 
- Cláudio Assis - Big Jato
- Gabriel Mascaro - Boi Neon
- Anna Muylaert - Mãe Só Há Uma
- Anita Rocha da Silveira - Mate-me por Favor



Edições anteriores:

VI KINO BRASIL
Vencedora: Anna Muylaert (Que Horas ela Volta?)
Outros indicados: 
- Camilo Cavalcante (A História da Eternidade)
- Cláudio Marques (Depois da Chuva)
- Fellipe Barbosa (Casa Grande)
- Guilherme Fontes (Chatô)

V KINO BRASIL
Vencedor: Fernando Coimbra (O Lobo Atrás da Porta)
Outros indicados: 
- Karim Aïnouz (Praia do Futuro) 
- Gabriel Mascaro (Ventos de Agosto) 
- Daniel Ribeiro (Hoje eu Quero Voltar Sozinho) 
- Paulo Sacramento (Riocorrente) 


IV KINO BRASIL
Vencedor: Kleber Mendonça Filho (O Som ao Redor)
Outros indicados:
- Luiz Bolognesi (Uma História de Amor e Fúria)
- René Sampaio (Faroeste Caboclo)
- Hilton Lacerda (Tatuagem)
- Luciano Moura (A Busca)

III KINO BRASIL
Vencedor: Cláudio Assis - A Febre do Rato
Outros indicados:
- Afonso Poyart - 2 Coelhos
- Cao Hamburger - Xingu
- José Henrique Fonseca - Heleno
- Júlia Murat - Histórias Que Só Existem Quando Lembradas

II KINO BRASIL
Vencedor: Selton Mello (O Palhaço)
Outros indicados: 
- Cláudio Torres (O Homem do Futuro)
- Erik Rocha (Transeunte)
- Jefferson De (Bróder)
- Toniko Melo (VIPs)


I KINO BRASIL
Vencedor: José Padilha (Tropa de Elite 2) 
Outros indicados:
- Esmir Filho (Os Famosos e os Duendes da Morte) 
- Laís Bodanzky (As Melhores Coisas do Mundo) 
- Marcelo Gomes e Karin Ainouz (Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo) 
- Sérgio Bianchi (Os Inquilinos)  

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Os Vencedores do VII Kino Brasil: Melhor Roteiro

Vencedor: Gabriel Mascaro - Boi Neon



Outros indicados: 
- Kleber Mendonça Filho - Aquarius
- Hilton Lacerda - Big Jato
- Anna Muylaert - Mãe Só Há Uma
- Anita Rocha da Silveira - Mate-me por Favor




Edições anteriores:

VI KINO BRASIL
Vencedora: Que Horas Ela Volta? (Anna Muylaert)
Outros indicados: 
- Casa Grande (Karen Sztajnberg / Fellipe Barbosa)
- Depois da Chuva (Cláudio Marques)
- Entre Abelhas (Fábio Porchat / Ian Sbf )
- A História da Eternidade (Camilo Cavalcante))

V KINO BRASIL
Vencedor: Fernando Coimbra (O Lobo Atrás da Porta)
Outros indicados:
- Entre Nós (Paulo Morelli) 
- Quando eu Era Vivo (Marco Dutra e Gabriela Amaral Almeida - baseado no livro de Lourenço Mutarelli) 
- Praia do Futuro (Felipe Bragança e Karim Aïnouz) 
- Hoje Eu Quero Voltar Sozinho (Daniel Ribeiro)   


IV KINO BRASIL
Vencedor: Kleber Mendonça Filho (O Som ao Redor)
Outros indicados:
- Uma História de Amor e Fúria (Luiz Bolognesi)
- Tatuagem (Hilton Lacerda)
- Cine Holliúdy (Hélder Gomes)
- O Que se Move (Caetano Gotardo)
- Faroeste Caboclo (Marcos Bernstein e Victor Atherino)

III KINO BRASIL
Vencedor: A Febre do Rato (Hilton Lacerda)
Outros indicados:
- 2 Coelhos (Afonso Poyart)
- Disparos (Juliana Reis)
- Heleno (Felipe Bragança, Fernando Castets e José Henrique Fonseca)
- Histórias Que Só Existem Quando Lembradas (Júlia Murat, Felipe Sholl e Maria Clara Escobar)
- Xingu (Elena Soarez, Cao Hamburger e Anna Muylaert)

II KINO BRASIL
Vencedor: Karine Teles e Gustavo Pizzi (Riscado)
Outros indicados: 
- Nando Olival e Thiago Dottori (Os 3)
- Cláudio Torres (O Homem do Futuro)
- Selton Mello e Marcelo Vindicato (O Palhaço)
- Bráulio Mantovani e Thiago Dottori baseado no livro de Mariana Caltabiano (VIPs)


I KINO BRASIL
Vencedor: Tropa de Elite 2 (José Padilha / Bráulio Mantovani)
Outros indicados:
- Os Famosos e os Duendes da Morte (Esmir Filho / Ismael Caneppele - baseado no livro de Ismael Caneppele) 
- Histórias de Amor Duram Apenas 90 Minutos (Paulo Halm) 
- As Melhores Coisas do Mundo (Luiz Bolognesi - baseado nos livros de Gilberto Dimenstein e Heloísa Prieto)
- Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo (Marcelo Gomes / Karin Ainouz)

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Os Vencedores do VII Kino Brasil: Melhor Ator

Vencedor: Juliano Cazarré - Boi Neon



Outros indicados: 
- Matheus Nachtergaele - Big Jato
- Nelson Xavier - A Despedida
- Irandhir Santos - A Luneta do Tempo
- Fernando Alves Pinto - Para Minha Amada Morta




Edições anteriores:

VI KINO BRASIL
Vencedor: Irandhir Santos (A História da Eternidade)
Outros indicados: 
- Daniel de Oliveira (Sangue Azul)
- Fábio Porchat (Entre Abelhas)
- Irandhir Santos (Obra)
- Irandhir Santos (Permanência)

V KINO BRASIL
Vencedor: Ângelo Antônio (Entre Vales)
Outros indicados:
- Milhem Cortaz (O Lobo Atrás da Porta) 
- Tony Ramos (Getúlio) 
- Wagner Moura (Praia do Futuro) 
- Ghilherme Lobo (Hoje eu Quero Voltar Sozinho)  


IV KINO BRASIL
Vencedor: Irandhir Santos (Tatuagem)
Outros indicados:
- Edmilson Filho (Cine Holliúdy)
- Fabrício Boliveira (Faroeste Caboclo)
- Paulo Gustavo (Minha Mãe é uma Peça)
- Wagner Moura (A Busca)

III KINO BRASIL
Vencedor: Irandhir Santos - A Febre do Rato
Outros indicados:
- João Miguel - Á Beira do Caminho
- João Miguel - Xingu
- Ney Matogrosso - Luz Nas Trevas, A Volta do Bandido da Luz Vermelha
- Rodrigo Santoro - Heleno

II KINO BRASIL
Vencedor: Caio Blat (Bróder)
Outros indicados: 
- Rodrigo Santoro (Meu País)
- Selton Mello (O Palhaço)
- Wagner Moura (O Homem do Futuro)
- Wagner Moura (VIPs)


I KINO BRASIL
Vencedor: Wagner Moura (Tropa de Elite 2)
Outros indicados:
- Caio Blat (Histórias de Amor Duram apenas 90 Minutos)
- Francisco Miguez (As Melhores Coisas do Mundo)
- Marco Nanini (O Bem Amado)
- Nelson Xavier (Chico Xavier))